Uma virtualização na vanguarda da tecnologia

Elimine os intermediários

A essência de uma parte considerável dos modelos de virtualização costuma ser um “intermediário” tendo por alvo estabelecer a conexão entre a máquina guest e o host real, que toma conta dos recursos. O benefício que se obtém a partir do Servidor Privado Virtual KVM origina-se do fato de que a tecnologia do KVM compila-se no kernel do host real, o que significa que, não se requer uma outra peça de software- a máquina guest comunica diretamente com o anfitrião. O que eventualmente significa uma menor sobrecarga e um melhor rendimento.
Uma virtualização na vanguarda da tecnologia

Uma utilização dos recursos muito melhor

Utilização efetiva dos recursos do servidor

A favor do propósito de se ocupar dos recursos as máquinas virtuais geralmente exigem um estrato complementário entre si e o host físico. Isto resulta em uma menor disponibilidade de recursos para as máquinas virtuais. Com a ajuda dos KVM VPS elimina-se a camada adicional, porque o método de virtualização fica integrado no sistema operacional do servidor mestre. Então toda a potência do host físico pode ser aproveitada pelos Servidores Privados Virtuais KVM que foram configurados. Uma tal disponibilidade de recursos proporciona uma vantagem competitiva que você precisa para que os seus websites e aplicativos web cheguem a ser melhores do que os dos concorrentes.
Uma utilização dos recursos muito melhor

Controle completo sobre o sistema operacional

Liberdade ilimitada para instalar qualquer sistema operacional que desejar

Uma das desvantagens dos Servidores VPS, quando comparados com os servidores dedicados sobretudo é o próprio sistema operacional – geralmente você está limitado às escolhas de SO oferecidas pelo seu provedor. Com a ajuda de um Servidor Privado Virtual KVM, então, será possível instalar praticamente qualquer sistema operacional que é compatível com as especificações do seu servidor e do hardware do servidor mestre. A tal configuração é mesmo possível levando na conta a maneira singular em que opera o método de virtualização KVM. KVM forma parte integrante do sistema operacional do anfitrião, cujo papel consiste em estabelecer uma conexão não mediada entre as instâncias virtuais e o hardware, quando não se precisa mais de um estrato complementar para transmitir informação, o qual não poucas vezes é mesmo o fundamento de outras plataformas virtualizadoras.
Controle completo sobre o sistema operacional
  • Centro de Dados em EUA
  • Centro de Dados em EUA

    Steadfast, Chicago, IL